segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Sumindo aos poucos.


Estou sumindo aos poucos... Saindo da sua vida, alias, me obrigando a sair mesmo que eu queira ficar!
Dediquei-me a você de uma maneira única e por seis meses eu tinha a certeza de que havia encontrado o amor da minha vida, o cara que eu iria casar ter filhos e que iríamos ficar juntos até o fim.
Lembro-me de nossas promessas, lembra que era pra sempre? 
Incrível que o seu pra sempre durou apenas seis meses...

O maior erro foi meu, depositei em você toda a minha fonte de alegria, e depois você foi embora com ela...
Chorei, me descabelei, cometi loucuras, me transformei em uma garota triste, depressiva.
Toda vez que te encontrava nos corredores da escola meu coração apertava até que uma lagrima despontasse no meu olhar.

Ainda dói... E como dói.

Mas está na hora de encontrar a felicidade dentro de mim mesma, aprender a ser feliz por mim, ser auto-suficiente, não quero mais procurar alguém que complete porque eu devo ser o todo.
Eu quero encontrar alguém que me transborde... Mas para isso eu preciso superar toda essa situação e aprender a ser feliz sozinha, aprender a viver sozinha sem ter medo disto.

Sempre odiei ficar sozinha... Sempre fugi da solidão com medo.

Chegou à hora de enfrentar os meus medos, de ser Feliz de verdade!

Ps.: Talvez eu não vença essa dor, mas vou lutar com todas as minhas forças contra ela!


F.C.B.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...