sábado, 27 de dezembro de 2014

Sobrevivendo.

Eu escolhi assim, ficar sozinha... Afinal antes só do que mal acompanhado!
Não me arrependo das escolhas, mas admito sinto falta de alguma coisa... Não é dele, com certeza não é!
Mas sinto falta de atenção, de alguém que se importe, a essa solidão que me angustia, eu quero sentir adrenalina nas veias, eu quero sentir arrepios... E quero viver a vida porque as vezes parece que estou apenas sentada em uma cadeira deixando a vida passar, observando como todos a minha volta estão vivendo intensamente, enquanto isso, eu estou apenas sobrevivendo!
E eu fico aqui vendo filmes românticos e sendo iludida pela própria esperança.
Esperando que alguém se encante por mim, mas o pior de tudo é que eu sei que isso não vai acontecer.
Mas como eu queria que acontecesse... A meu Deus, estou tão desesperada e amedrontada, tudo bem só tenho 17 anos mas parece que a vida está passando tão rápido pra mim.
E o pior de tudo, parece que não estou conseguindo viver.
Poxa vida, a minha vida é ótima, sim não tem do que reclamar... Mas vivo parada no tempo.
E pensar que ainda amo o mesmo cara que conheci a 4 anos atrás, e ele já nem se lembra mais do meu nome.
Por que parei no tempo assim?
Eu sei que certos atos são desprezíveis aos olhos da sociedade.
Mas imagino que, aqueles que estão sendo julgados como loucos vivem intensamente e talvez sejam felizes.
Enquanto eu, não carrego maus juízos, no entanto, já não tenho mais do que me alegrar.
Angustia, solidão, carência...
E medo!

E tenho medo de ninguém ler isso aqui... Eu sinto falta de fazer falta pra alguém.
Eu sinto falta de viver!


Um comentário:

  1. Muito eu esse texto, nossa!! Me identifiquei muitoo!

    Achei teu blog lindo, me encantei! Me intentifiquei de cara com o estilo!
    Acabei de criar o meu blog, poderia dar uma passada e dizer o que achou?

    http://eaiguriablog.blogspot.com

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...