domingo, 17 de junho de 2012

Debatendo um amor.

385635_3651466037738_1007123665_32877662_518152485_n_large
Olá, sumida...
oi
como vai?
vou indo pelo caminho, como sempre
e o coração?
ainda pulsa sangue para as veias...
e os amores?
minha mãe ainda me ama como sempre... e eu também amo ela como sempre
e ele?
não sei
não sabe o que?
dele
mas você ama ele.
também não sei
esqueceu?
não
então como não sabe se ama?
porque a flor depois de muito tempo sem ser regada vai secando perdendo a cor, a forma, as pétalas caem uma a uma até que já não reste nada.
e o que restou?
é o que eu me pergunto todos os dias
e achou a resposta?
creio que sim... mas é difícil admitir
admitir o que?
que talvez lá no interior onde ninguém consegue ver e as vezes nem eu ainda há uma pequena pétala vermelha.
e porque tem medo de admitir isso?
porque chega uma hora que a gente cansa de ser tonta... otária.
sentir não é ser otária.
sentir não... mas cair no mesmo joguinho pela segunda vez é.
mas você ama ele
amo.
então?
então que eu me amo também
então porque não fala para ele talvez ele sinta o mesmo e fique com você dai você seria feliz.
talvez... há sempre um talvez não é mesmo, porque nunca a certeza no que as pessoas dizem? e se talvez eu me cercar de ilusões ridículas novamente e acabar sendo uma ridícula de novo...
isso é paranóia!
não isso é amor
se fosse você estaria lá falando para ele isso.
não é amor, e eu me amo muito para arriscar meu coração
ele não é um risco é seu amor
desde o momento que ele conseguiu retirar uma lagrima de meus olhos, então ele é um risco.
vai deixar ele ir?
ele não está aqui... então quer dizer não posso deixar algo ir se eu não tenho posse dele
e se ele voltasse
eu ficaria sem chão
ia fugir?
não
ia ficar?
talvez
porque talvez?
porque eu aprendi, que ele vem, mas ele sempre vai... assim sem avisar, só pra variar, ou talvez só para machucar.
nossa
pois é...
e agora como vai ser
não vai ser
então?
então que eu continuo vivendo aqui e ele lá
porque você está se fastando de quem te faz feliz?
não sei.
...
acho que a felicidade devia ser mais simples, só para facilitar
e ai? não é simples e o que você vai fazer.
não posso fazer nada
porque?
porque eu não posso amar por dois.

Fernanda Carolina B.

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Meu Sonho.

image

Ele olhou em meus olhos, sorriu eu sorri e não contive em mim disse:
-queria tanto saber o que você está pensando agora
- Que eu sinto sua falta.
-Serio?
- Se não fosse eu não estaria aqui

Meu coração disparou, saltou de meu peito, querendo explodir de alegria
ele segurou minha mão para me elevar a ele, cruzando meus braços lhe entreguei as duas,
caminhamos em meio uma praça oval, pude visualizar pessoas que me criticariam se vissem como o braço dele passava sobre meus ombros, e como eu volta e meia o segurava pela cintura
escolhi um banco distante de olhares alheios...
e ele ali sentado ao chão escorando-se no banco em que eu estava, dizendo que queria voltar... falei a ele
-estou confusa...
-senti sua falta, quero você depois a gente vê se eu ficar só ou não.
duvidei, pensei apenas que queria a mim porque agora não tinha mais ninguém...

Em meio as ruas vi um amigo que caminhava, na verdade quase corria, rindo incontrolavelmente gritei ele e fui a sua direção deixando aquele que me acompanhava só, por alguns segundos
perguntei a ele se estava rindo de mim, talvez porque fui ingenua...
respondeu-me dizendo que não, então voltei para aquele que me esperava, e ele parecia falar consigo mesmo dizendo que ainda há sentimentos em relação a mim existentes nele...
meus olhos brilhavam ao olhar os olhos dele... eu o amava.
Quando de repente há algumas quadras da casa dele ele me deixou e foi caminho, eu lá só, aos poucos me vejo rodeada de amigos
achei que ele havia me deixado quando vejo-o conversando com uma tia dele dizendo a ela
- preciso que você conheça uma pessoa
ele me apresentou a ela e deixou a comigo enquanto voltava para falar com seus pais
não tive muitos assuntos com ela, minha felicidade era notável, eu o amava eternamente e finalmente esse amor era correspondido.
depois de um longo abraço fui para casa... no dia seguinte eu queria apenas encontra-lo, e poder te-lo comigo mais uma vez.
peguei uma bicicleta por sinal era amarela e mesmo sem equilíbrio eu tentei encontra-lo, parei perto de um caminhão que estava estacionado poucas quadras de minha casa, distante de meu destino final.
fechei os olhos um instante, abri-os, quando percebi que estava em minha cama em meio a madrugada...
eu lá com o coração na mão e algumas lagrimas aos olhos tendo sonhado com ele, tentando me consolar porque tudo não passou de um sonho.

Fernanda Carolina B.

domingo, 10 de junho de 2012

cansei de reprimir sentimentos...
eu sempre volto para o lugar que mais amo, mas não consigo dizer que amo.
o coração dispara, bobo, acelerado ridiculamente sem direção
as pernas bambas, milhares de coisas passando em mente
e oscilo entre sorrir e chorar.

milhares de tentativas em vão de esquecer o que me fez ser quem sou
todo verão eu esqueço mas ai chega o outono frio dizendo ao meu ouvido
coisas que só me fazem recorda-lo

eu deveria ter mais amor próprio
ou talvez eu tenha mais já não consigo ver
toda primavera você vai... e eu odeio me despedir, talvez a dor da despedida vá me destruindo aos poucos e ver você voltar é estranho... porque eu já não sei até onde a sua verdade é real
e não sei até onde sou capaz de suportar
e quantas vezes eu vou superar... e por mais que eu diga que esqueci
determinadas coisas estarão sempre gravadas em mim.

Fernanda Carolina B.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Karma.

Girls_fashion_vintage_foto_moment_yourstokeep-3374ccc0618ed76b952125899d57621c_h_large

eu falo... e falo... e continuo falando, e é como se ninguém ouvisse-me
as vezes a minha audição também falha, me sinto perdida  ali congelando de frio, segurando um coração e tendo duas opções em mente - joga-lo ao vento e que congele também, ou, deixa-lo se consumir por uma chama sem fundamento...
eu já disse para mim mesma milhares de vezes que ser fria é o melhor jeito de ser...
mas no fundo eu sei que não é
tenho medo de magoar e por isso eu sempre fui fria nunca gostei de estar abaixo de zero mas é melhor do que ter um coração fatiado em pedaços
a questão é encontrar a pessoa certa... eu encontrei, e juro que tentei
mas a pessoa errada é a que me atrai
é a que volta e meia anda pelos meus pensamentos
talvez seja um tipo de karma... o que eu não entendi é... o que eu fiz para meu caminho ser assim hoje?


Fernanda Carolina B.

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Apaixonada.

Img_6183-edit_large

Chuva batendo em meu telhado... e pensamentos repetitivos invadindo a minha mente,
sempre o mesmo pensamento monótomo...
Se eu tentar ser eu mesma quem saiba coisas supérfluas possam me invadir, entretanto me tragam a alegria de viver, estranho falar assim da felicidade, assim, como se ela estivesse brincando de esconde-esconde...
o problema não é que a felicidade se esvaiu de minhas mãos, o problema é que fechei meus olhos para ela durante todo esse tempo

Sou feliz... de fato isso é uma verdade, talvez eu pensava que era triste, e por isso eu então realmente fosse...
hoje não tenho motivos grandes para ser feliz, mas não ter motivos para chorar já é o bastante.
Lembro como eu vivia em um mundo preto... nuvens carregadas rondando minha cabeça,
pensamentos atordoados suavizando em minha mente, sentimentos ocultos frustados navegando em meu coração... Eu vitima de mim.
Acho que ser feliz é a maior loucura que eu já cometi, e me chame de louca porque a garota de óculos e de roupas pretas talvez tenha se transformado na garota cor-de-rosa
e dai se for... e dai se eu quiser viver assim, tenho meus direitos
afinal garota apaixonada não mede limites e hoje olhei no espelho e me apaixonei pela vida.

Fernanda Carolina B.

É hoje o texto foi fraco... põe fraco nisso desculpe-me gente prometo que vou dar mais atenção pro blog é que me vi tão empolgada com as novidades e me deixei levar e esqueci-me do meu cantinho
esqueci de como todas as vezes que desabafo eu encontro paz...
é são provas e o DD na próxima eu melhoro

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...